Sunday, 26 June 2011

Brabant's Orchestra Demonstration in The Hague

Last Tuesday I went to The Hague, one of my favourite cities of the Netherlands.
On my way back to the Central Station, in the most known square of the city, Het Plein, nearby Mauritshuis and the Parliament, I was surprised with an orchestra performance.

From Haia


From Haia


Soon I realised it was not an usual performance, but a demonstration against the cuts in the North Brabant Culture and Arts budget.

From Haia


("Cultuur Onthoofd" means "Decapitated Culture" or, in Portuguese, " Cultura Decapitada" )

As far as I understood, Brabants Orchestra, one of the top orchestras in The Netherlands, could face some serious problems with the new budget cuts. If you have more information about it, please share it with us.
North Brabant is a province of the Netherlands, located in the south part of the country. Its capital is Hertogen Bosch.

A theatre group from North Brabant was there too, doing some performances and calling the attention to the current situation.

From Haia


The Queens's Commissioner in North Brabant, Wim van de Donk, has given his support to the demonstration as well as Brigitte van Haaften, North Brabant culture deputy.

Let me share with you the videos about it I have found in YouTube.

You will listen Ravel's Bolero (1928) and "Brabant" (2002), a Guus Meeuwis song.





North Brabant is responsable for 20% GDP ( Gross Domestic Product) and 45% of the exportations of the Netherlands as far as I read in the black poster of the demonstration. A protest letter was given to Bas Jan van Bochove, of the House of Commons Culture Comission.

6 comments:

ana said...

Que encontro interessante!
Gostei do post e de conhecer a energia de um povo diferente do nosso.
Beijinhos! E que bom que regressou!:)))

Presépio no Canal said...

@ Foi mesmo, Ana, um encontro interessante! :-)) Uma forma diferente de fazer uma manifestacao! Apanhou-me completamente de surpresa! Os cortes por aqui tambem se fazem sentir, mas, segundo li ha dias, parece que a economia vai voltar a crescer e a taxa de desemprego baixar. Assim Deus permita. Eu gosto de ver todos bem. Bjs!! :-)
PS: Tambem estou contente por voltar a blogar. Tenho tido tanta coisa para tratar ultimamente. Algumas pretendo partilhar aqui. Podem vir a ser uteis a terceiros.

Sara said...

As voltas que eu dei à cabeça para perceber, quando andei pela Holanda, que The Hague era Haia. :)
Estive por Haia apenas umas horas, mas deu para reter uma imagem de grande beleza: o lago em frente ao Parlamento com várias barcas repletas de flores. Guardo essa imagem com muita nitidez.
Relativamente ao protesto, creio que a crise generalizada trará grande desinvestimento na cultura. Em Portugal, o Ministério foi extinto. A ver vamos o que isto significará...
Um beijinhos e uma semana em beleza!!! :)

Presépio no Canal said...

@Sara ;-)
Engracado o que contas das voltas a cabeca, pois tambem eu fiquei surpreendida quando, ainda em Portugal, percebi que Den Haag (em holandes) era Haia ;-)))
Quero acreditar que no caso holandes, este menor investimento na cultura seja temporario. De uma forma geral, o investimento e elevado: o patrimonio esta muito bem cuidado e ha muitas actividades culturais para usufruir. A ver se esta fase menos boa se vai...oxala!
No caso portugues, havia que reduzir ministerios, pelo menos nesta legislatura. O dinheiro anda muito curto. A area da Cultura e aquela que me e mais querida, mas compreendo. No entanto, apesar de termos agora so uma Secretaria de Estado, nao deixo de estar curiosa pelo trabalho que o FJV ira desenvolver ;-) Espero que interessante e que possa surpreender ;-)
Alias, ando super-curiosa, relativamente a alguns ministros. Por exemplo, como se vai sair o Nuno Crato na luta contra o facilitismo que reina nas escolas (ainda estou para ver as reaccoes perante niveis de maior exigencia e rigor nas avaliacoes dos alunos) ou o ASP na economia (gosto muito do blogue dele). A primeira vista, parece uma "dream-team" com mais pessoas independentes e com percursos profissionais firmados e respeitados. Gostava que sim, para bem do pais (embora saiba que inicialmente os tempos vao ser muito complicados).
Bjs!!

Aledys Ver said...

What a lucky chance meeting! A very civilised and interesting way of protesting, don't you think?
Unfortunately, when cuts are in order due to the economic situation, it is always this sector that goes under the cutting knife first :(

Presépio no Canal said...

@ So true, Aledys, so true...Yesterday evening I heard about another demonstration in Den Haag against the Culture cutbacks , this time from Rotterdam...
Besos!!