Wednesday, 20 July 2016

É Verão



Calor. Muito calor. Humidade. Janelas escancaradas e cortinados esvoaçantes. Cama deixada desfeita durante o dia, a arejar. Risos dos petizes da vizinhança que brincam nas piscinas dos quintais. Hortenses queimadas, sequiosas, no final da tarde que se inicia. Teias de aranha nas cadeiras do quintal. Calções e tops. Pés descalços pela casa. Calor saciado a fatias de melancia. Mais fruta: alperces, cerejas, ananás, arandos de Portugal. Garrafas de água que desaparecem em menos de nada. E mais tarde, no final da tarde que se prolonga, tapas em Amesterdão, numa esquina junto ao Amstel. Gostar dos espargos grelhados e dos pastéis de presunto ibérico. E muito, do gaspacho e licor de maçã verde, gentilmente oferecidos pela Casa. Ainda junto ao Amstel, caminhar, já depois, entre as sombras das árvores, de mãos entrelaçadas. Pelo meio de quem faz piqueniques, churrascos, apanha sol e vai à àgua. É Verão no país que foi criado pelos holandeses...Regressar a casa. Molhar os pés na água que corre da torneira do quintal. Escrever estas linhas ao som dos U2. Deixar as janelas abertas pela noite que será breve nestes dias longos de luz. Afastar o lençol para conseguir adormecer. Dormir suavemente ao som da brisa que não se ouve, sabendo que o Verão continuará por mais uns dias, no país que foi criado pelos holandeses. Reza a história* que foi assim, enquanto Deus criou o mundo.

* Há um ditado, nos Países Baixos, que reza assim: " Deus criou a Terra e os holandeses criaram os Países Baixos" (God de aarde heeft geschapen, maar niet de Lage Landen). 

12 comments:

bea said...

Afinal o verão ainda tem coisas boas:). Em Portugal, país que os fados dizem criado por Deus, ele não é igual para todos. Mas, para quem pode, à beira água corre uma brisa marítima, os termómetros descem um pouco e as águas fizeram-se tépidas. A vida sempre castiga mais uns que outros. É inevitável.

Bonita e alegre a canção dos U2. Condiz.

Crocheteando...momentos! said...

Ao ler o seu belo texto...senti_me em férias!!!
Aproveite ao máximo!!!
Bj amigo

Margarida Elias said...

Gostei muito :-)) Beijinhos!

João Menéres said...

Mais uma EXCELENTE CRÓNICA DIÁRIA, Sandra !
É uma frescura ler-te.
E se, em simultâneo, ouvirmos os U2, então nem se fala.

Um beijo fresco.

Presépio no Canal said...

Bea,

Gosto muito dos U2. Em Portugal, ainda cheguei a ver 2 concertos.
Ontem foi bom observar as pessoas, estendidas numa faixa de relva, no passeio, e algumas a mergulharem no Rio Amstel. Amesterdão é assim, descontraída. :-)
Beijinho. :-)

Presépio no Canal said...

Graça,

Muito Obrigada. :-)
Tenho saudades de praia. Este ano só fui uma vez. E no ano passado, andei a banhos por cá (7 dias e no fim-de-semana). Contenção de despesas...;-)
Beijinho!

Presépio no Canal said...

Margarida,

Obrigada. Gosto das pequenas-grandes belezas do quotidiano (são o sal da Vida).
Beijinhos! :-)

Presépio no Canal said...

João,

Meu querido, MUITO OBRIGADA pela tua sempre generosa e gentil apreciação. :-)
As tuas palavras fazem-me sempre ganhar o dia. :-)
Para a semana, parece que volta a chover. Por isso, há que aproveitar bem estes dias, em todo o seu esplendor.
Um grande beijinho! :-)

Sami said...

Ha que aproveitar o curto verao da Holanda. Goze muito o sol Sandra.
Realmente os Holandeses criaram a Holanda, sem duvida alguma!

Agnes said...

Ainda hoje quando voltava para casa pensava como tinha saudades de ter um verão "normal", com direito a praia e piscina e depois chego e leio este texto aqui no blog, obrigada por me fazeres sentir de férias :) Beijinhos

Presépio no Canal said...


Sami,

Obrigada. :-) Hoje, no final da tarde, fomos um bocadinho até à praia. Foi tão bom! Soube mesmo bem...:-)
xoxo

Presépio no Canal said...

Agnes,

Ontem, Amsterdam estava ao rubro. Parecia o Woodstock. ;-)) Tanta gente a tomar banhos de sol, a fazer churrascos e piqueniques (pelo menos, junto ao Amstel, que foi onde andámos pela hora do jantar). E com idas ao banho...
Amanhã, publico umas fotos (poucas).
Beijinhos! :-)