Thursday, 22 May 2014

Eleições Europeias 2014


Hoje, por cá, é dia de eleições europeias e nós vamos votar.
Eis o posicionamento, de uma forma muito sucinta, dos principais partidos holandeses quanto à imigração e relação com a Europa:


VVD (Partido Conservador Liberal)
Actualmente, com 3 deputados no Parlamento Europeu.

"The VVD is for freedom of movement for law-abiding EU citizens. Diplomas, birth, marriage and death certificates should be recognised in all EU states to make it easier to live, work and study in different countries. However, it wants stricter European border controls with a finger-printing registration system to keep illegal immigrants out. Migrants should not be eligible for benefits until they have worked for ten years in a member state. The VVD is in favour of a common European asylum policy.

CDA (Partido Democrata Cristão)
Actualmente, com 5 deputados no Parlamento Europeu.

"The Christian Democrats want cooperation between European police and justice to tackle cross-border crime like human trafficking or exploitation. Young people on the other hand should not be restrained by borders; they should be able to study at all levels, work and do traineeships in other European countries. Likewise, the Christian Democrats are for open borders for goods, services, capital and persons."

PvdA (Partido Trabalhista)
Actualmente, com 3 deputados no Parlamento Europeu.

"The EU needs to harmonise its asylum policies. To improve European effectiveness, PvdA wants one European seat on the UN Security Council. All EU legislation should include a human rights paragraph. Member states should be reprimanded when minorities are discriminated against."

D66 (Partido Social Liberal)
Actualmente com 3 deputados no Parlamento Europeu

"D66 believes the Netherlands is stronger in a federal Europe. Citizens should be able to vote for transnational European parliament candidates. The EP should be able to send European commissioners home if necessary. D66 wants the rotating presidency to be replaced with a directly elected European president. Common foreign and security policies should not depend on unanimity. Ultimately D66 wants a new European Treaty. The European Union should be open to new members which meet strict accession criteria. "

PVV (Partido Anti-Imigração)
Actualmente, com 4 deputados no Parlamento Europeu.

"The PVV wants the Netherlands to leave the EU. It will reintroduce the guilder and keep access to the internal market through bilateral trade treaties."

"The PVV wants the Netherlands to retain control over its borders. It will close Dutch borders to labour migrants from Poland, Romania, Bulgaria, etc and for all immigration from Islamic countries."

"Mass immigration and Islamisation are disastrous for the Netherlands. Our identity is at risk. We do not want to become Eurabia. We want to remain who we are. Political decisions will be taken in The Hague, not Brussels."

Fonte: http://www.dutchnews.nl/elections/

As mesas de votos abriram às 7:30 e fecham às 21:00.

Vocabulário útil:

verkiezing - eleições;
Europees Parlement - Parlamento Europeu;
stemmen - votar;
stemlokaal - Local de voto;
stempas - cartão de eleitor
identiteitsbewijs - comprovativo de identidade;



9 comments:

Sami said...

Que ganhe o melhor...com a excepcao do PVV! Sou a favor duma imigracao controlada para protejer o mercado de trabalho, mas esse partido e especifico com quem nao quer na Holanda!

Crocheteando...momentos! said...

Já tinha ouvido nas notícias que em alguns países iniciam-se hoje as eleições!
Nós vamos no domingo a votos...mas a desilusão instalada pela falta de confiança na política...irá contribuir para uma abstinência bem elevada!
Seria bom que houvesse mais e boa política em vez de tanta politiquice! Bj

Presépio no Canal said...

Sami, Também me preocupa o crescimento de partidos extremistas...

Graça,

Pena que na campanha eleitoral em Portugal, pelo que me apercebi, pouco se esteja a discutir sobre a Europa e os caminhos a seguir. A abstenção preocupa-me por causa do crescimento dos partidos mais xenófobos. É pena que estas eleições estejam a ser utilizadas como pré-campanha das legislativas...

Beijinho às duas! :-)

GL said...

Estou em crer que a abstenção vai ser significativa. É que continua tudo na mesma, seja qual for o partido.
Promessas imensas mas por demais conhecidas pela sua falsidade, logo, não crediveis.
A única realidade está na ambição dos intervenientes num melhor lugar. Os interesses do país? Quem luta de forma honesta, verdadeiramente interessada, neles?
Uma campanha paupérrima, triste, confrangedora.
Bom fim-de-semana.
Beijinho, Sandra.

P.S. Se bem que menos presente não deixo de visitar os amigos.:)

Presépio no Canal said...

Concordo, GL. E, entretanto, os partidos populistas e xenófobos estão em crescendo pela Europa. Espero que Portugal não acorde tarde demais para esta questão, ou seja, quando os mesmos tiverem muitos assentos no PE...
Que bom que veio, GL! É sempre um gosto tê-la por cá. :-)
Beijinho grande e bom fim-de-semana!

mmm´s said...

As eleições europeias e o resultado das mesmas, creio que vão determinar o futuro da Europa, uma união ou uma eventual desagregação a médio prazo. Gostava que o grande vencedor por essa Europa fora, não fosse a abstenção!

Presépio no Canal said...

Também estou apreensiva e partilho do mesmo desejo...

ana said...

Sandra,
Assusta-me o extremismo e a xenofobia. Esperemos que a Europa tome um rumo melhor que o actual e mais equitativo.
Beijinho. :))

Presépio no Canal said...

Também a mim, Ana. As sondagens dizem que o partido anti-imigração cá do burgo irá ter resultados menos positivos, mas, só no Domingo, conheceremos os resultados, pelo que percebi.
Beijinhos. :-)