Friday, 25 April 2014

Desta Páscoa


Easter 2014

Na Museumplein (Praça dos Museus) em Amsterdam



Esta Páscoa, andei pela Museumplein em Amsterdam: com o meu marido, para ir ao Concert Gebouw, assistir ao Messias de Handel, e com a minha amiga R., num passeio pelo Museumkwartier e o Jordaan. Digam lá, se a Museumplein não está bonita com este lago de túlipas?



No Concert Gebouw

Na passada segunda-feira, foi o segundo dia de Páscoa. O tempo esteve cinzento e murcho, ou seja, óptimo para uma actividade mais acolhedoracomo um concerto de música clássica no Concert Gebouw. Inaugurado em 1888, o Concert Gebouw é considerado uma das três melhores salas de concerto do mundo. Os quase 2000 lugares do auditório principal (Grote Zaal) por pouco não esgotaram para o concerto do Messias de Handel pelo The Bach Choir & Orchestra of the Netherlands, dirigido pelo maestro Pieter Jan Leusink. Desde os mais jovens aos mais velhos, todos vieram, muitos em família, gozar este segundo dia de Páscoa.




Gostei muito do espectáculo e achei piada à exuberante expressividade do maestro (podem vê-lo, neste link, com o Holland Boys Choir, na Paixão segundo S. Mateus, de Bach).
A execução do Messias foi exímia e nem um deslize se notou quando alguns velhotes tiveram pequenos "ataques" de tosse.



No intervalo, deambulámos um pouco pelos corredores e pudémos apreciar muitos quadros evocativos dos músicos e cantores líricos que passaram por esta Casa. Há, também, ao longo dos corredores, vários bares à disposição. Os consumos já estão incluídos no preço dos bilhetes.
De salientar, as obras de renovação do exterior do edifício. A nova área, com paredes de vidro, além de funcionar como bar, protege a fachada lateral da poluição e proporciona uma vista explêndida do ambiente circundante. Gostei muito.

Esta foi a primeira vez que assistimos a um espectáculo no Concert Gebouw.
As fotos do interior da Grote Zaal foram tiradas com o telemóvel e esta última pelo meu marido.




No Museumkwartier e no Jordaan

Já o passeio com a R, levou-me ao encontro de mais uns bonitos detalhes das ruas de Amsterdam.







Mas, a música parecia andar no meu caminho, nestas mini-férias de Páscoa. A R. encaminhou-me para um local muito especial do Jordaan: a  Johnny Jordaanplein, onde podemos apreciar um conjunto de estátuas dos músicos e cantores mais emblemáticos deste querido bairro de Amsterdam. Estes cantores e estes músicos protagonizaram um tipo de música popular que ficou conhecida como "levenslied" (tradução literal: "canção da vida"), uma variação holandesa da chanson française.






Johnny Jordaan



Tante Leen



Johnny Meijer



 Jan &Mien



Manke Nelis



No Café Americain

A tarde esteve soalheira e, já pelas sete, fomos ao Café Americain, no Eden Amsterdam American Hotel, junto à Leidseplein. Este café, em estilo Art Deco, é muito frequentado por artistas e escritores holandeses. Mas, como não prestei atenção a quem lá estava, tão entretidas ficámos a conversar, não reconheci ninguém. A R. levou-me lá porque sabe que gosto de arquitectura e Art Deco, mas também porque já nos apetecia um bom sumo de laranja, depois de tudo o que caminhámos.
Um destes Domingos, a ver se vamos lá ouvir um bocadinho de Jazz...

Uma fotografia por cima do bar...



Os vitrais...



A mesa do bar onde nos sentámos...



Cinema em casa

Nestes dias de Páscoa, aproveitámos também para pôr os filmes em dia. Eis as nossas escolhas, que recomendamos:

"The Butler" e " Philomena", ambos de 2013








Aos leitores portugueses a residir em Portugal, desejo um bom feriado e bom fim-de-semana!

Àqueles que vivem cá, desejo um excelente Dia do Rei! Divirtam-se muito!




13 comments:

João Menéres said...

Que estupenda postagem, Sandra !
Aproveitaram da melhor maneira esses dias !

Conheces o livro HOLANDA, de Edmundo Amicis ?
O exemplar que tenho está em muito mau estado, pois tem as capas soltas, não tem lombada e deve faltar a página de rosto. Por isso, não sei em que ano foi editado.
Custava não sei quantos reis, a moeda anterior aos escudos !
Descreve várias cidades holandesas ( Zelandia, Roterdão, Delft, Haia, Leyden, Harlem, Amsterdão, Utrecht, Brek e Zandam, Alkmaar , Zuiderzec e a Frisiae, finalmente, Groninga.
Carregado de ilustações !

Se tiveres interesse, posso emprestar-to, se me mandares a tua direcção.
Oferecer, não, pois herdei-o do meu Pai e quero deixá-lo a um dos meus três filhos.

Diz qq coisa, sim ?

Um beijo e bom Dia do Rei !

Margarida Elias said...

Belos passeios. Fiquei com curiosidade de conhecer esse café, porque gosto de cafés antigos. Beijinhos!

GL said...

Sandra, acredite que estou sem palavras.
Que bonito, mas que bonito! E o que é espantoso: TUDO.
Dos monumentos, passando pela Praça (será assim que a denominam?) até ao maestro, uma delícia.
Resta-me agradecer-lhe, mas muito sinceramente, esta "viagem" que me proporcionou.
É que a Sandra tem uma capacidade pouco comum. Dá àquilo que publica um fio condutor que me(nos) permite seguir, passo a passo, o que visita como se a acompanhassemos.
Mais uma vez, muito obrigada.
O que gostei deste passeio.:)
Beijinho.

Presépio no Canal said...

João,

Muito Obrigada pela tua atenção e voto de confiança, pois trata-se de um objecto de família e de grande valor estimativo. Terei todo o gosto em dar-te a minha morada (basta que me deixes um mail de contacto), mas confesso que tenho receio de algum extravio ou que se danifique ainda mais pelo caminho, sobretudo por ser uma relíquia de família. A edição original é de 1874 (e a do livro homónimo de Ramalho Ortigão é de 1885, curioso). O ideal seria vê-lo ao vivo, um dia que fosse ao Porto (que, neste momento, não sei quando será, talvez no próximo ano).
Vou deixar ao teu critério, pela generosidade da tua gentileza. No caso de decidires enviar, prometo que serei muito cuidadosa (tenho também alguns livros antigos, herdados de primos do meu avô e que conservo com todo o esmero). Mas, se calhar, é melhor ver ao vivo. Não ando muito confiante nos Correios..
Beijinho grato, João.

Presépio no Canal said...


Margarida,

Um dia, virás cá e vamos lá passar um bocadinho da tarde. ;-) Fica numa zona central, de fácil acesso.
Tenho de lá voltar. Não fiquei satisfeita com as outras fotografias que tirei e gostaria de assistir a um espectáculo de jazz.
Beijinho grande e bom feriado!

Presépio no Canal said...

GL,

Muito obrigada pela gentileza das suas palavras, sobretudo porque ainda tenho tanto que melhorar na minha escrita...:-)

Achei piada quando vi chegar este seu comentário, porque estava a pensar nos posts sobre Bruxelas para a GL. Estão quase...

Beijinho grande e Feliz 25 de Abril!

Presépio no Canal said...

Ah, desculpe: sim, "plein" quer dizer "praça". ;-)

Crocheteando...momentos! said...

Que belas imagens!
Conheço Amesterdão e adorei a multiplicidade de raças que vi...dos belos lugares e espaços!
Bj amigo

Presépio no Canal said...

Obrigada, Graça!
Amesterdão é um "melting pot", de facto. Tem muitos expats, de diversas nacionalidades, e pessoas oriundas das antigas colónias holandesas. Um arco-íris agradável e interessante de observar... e de viver ;-) Bjnos!

ana said...

Sandra,
Que saudades de Amesterdão, uma cidade que me agradou tanto.
Não fui a um concerto porque não havia nada agendado.
Mas conheci estes músicos que apresentas, andei nesse canal.

Adorei as fotos do café. Infelizmente não entrei no café pois a agenda era enorme e o tempo curto.
Tive pena de não te encontrar. :(
Fica para a próxima.
Beijinho grato pelas recordações que despoletaste.:))

Presépio no Canal said...

Ana,

Mesmo assim, visitaste imensos museus. Acho que o teu tempo foi muito bem aproveitado e isso é que importa. ;-)
E olha que podíamos ter-nos encontrado. Bastava que tivesse descido do comboio em A'dam, como te sugeri (vinha de Den Haag, lembras-te?). Sei que me quiseste poupar por causa da otite, mas teria ido ter contigo com muito gosto. ;-)
Beijinho e bom fim-de-semana.


João Menéres said...

SANDRA

Se clicares no VER PERFIL COMPLETO, tens lá o meu e.mail !
De qq modo, aqui fica :
jm@joaomeneres.com

Um beijo.

Presépio no Canal said...

Obrigada, João!
Amanhã, enviar-te-ei a minha morada.
Beijinho. :-)