Wednesday, 25 April 2018

Da Liberdade


Da Liberdade que hoje se comemora em Portugal, só posso desejar a todos um Feliz Dia 25 de Abril!

Que a mensagem e vida de Liberdade nunca se percam e a responsabilidade que com elas veio acrescida, também não. Para que a possamos garantir e salvaguardar, sempre, à Liberdade.

Hoje, para celebrar, um fado português que descobri há poucos dias. Chegou-me por mail, vindo do Luxemburgo. Escrevia-me a filha mais velha de um dos donos do meu café preferido da Cidade, em português correctíssimo, ela que é holandesa, com raízes no Curaçao e no Suriname, e que actualmente trabalha como tradutora num organismo internacional. Ela que se chama Moira, como as nossas Moiras encantadas, e que se encantou pelo livro de Eugénio de Andrade que lhe enviei pelos pais, quando lá foram de visita.

Para todos, com votos de um excelente dia:





Este amor não é um rio
Tem a vastidão do mar
A dança verde das ondas
Soluça no meu olhar

Tentei esquecer as palavras
Nunca ditas entre nós
Mas pairam sobre o silencio
Nas margens da nossa voz

Tentei esquecer os teus olhos
Que não sabem ler nos meus
Mas neles nasce a alvorada
Que amanhece a terra e os céus

Tentei esquecer o teu nome
Arrancá-lo ao pensamento
Mas regressa a todo o instante
Entrelaçado no vento

Tentei ver a minha imagem
Mas foi a tua que vi
No meu espelho, porque trago
Os olhos rasos de ti
Este amor não é um rio


13 comments:

Margarida Elias said...

Muitos beijinhos!

Mister Vertigo said...

A liberdade é um bem que merece ser cuidado com carinho e amor.
beijinho e um abraço
Rui

Paula Lima said...

Feliz dia tambem. Bela escolha musical. Beijocas

bea said...

Bom. Cristina Branco é uma das minhas vozes preferidas e nem sempre no registo de fado. Ganhou em tempos um prémio na Holanda com o cd em que estão musicados os poemas de Slaueroff. E a parceria com Custódio Castelo ainda continua a parecer-me a que mais faz pela sua voz e potencialidades vocais. Aprecio que cante os nossos poetas, foi ela que me deu a conhecer e me fez curiosa pela poesia de David Mourão Ferreira. A senhora não sabe, mas devo-lhe alguma coisa:).
Tenho vários cds da fase inicial de Cristina Branco, todos musicados e com a participação do excelente guitarrista que é Custódio Castelo. e também foi pela mão de uma amiga que conheci o trabalho de ambos.
Uma boa canção para lembrar o Dia da Liberdade. Obrigada:)

Sami said...

Nao conhecia este fado, gostei de ouvir Sandra.
Ja escrevi um post sobre o nosso encontro.
Beijinhos

Presépio no Canal said...

Margarida,

Muitos beijinhos! :-)

Presépio no Canal said...


Rui,

Sem dúvida!! :-)

Beijinho e abraço para ti também!

Presépio no Canal said...

Paula,

Obrigada.

Beijocas! :-)

Presépio no Canal said...

Bea,

Gosto muito de Cristina Branco também! E concordo com o que disse - a parceria com o Custódio Castelo tem sido muito boa!

Presépio no Canal said...

Sami,

Já fui ver e ler, Obrigada! Ficou um post muito bonito!
Gostámos imenso de vos conhecer!! A conversa foi muito saborosa.
Beijinhos!!
Hoje e amanhã, Noite e Dia do Rei.

MR said...

Gosto muito da Cristina Branco, cuja voz conheci em circunstâncias estranhas. Em 2000 ou 2001 entrei numa discoteca perto do Sena à procura de um cd de Léo Ferré. O dono da loja, quando soube que eu era portuguesa, gritou entusiasmadíssimo: «Cristina Branco!»
Lá lhe disse que não sabia quem era a Cristina Branco e ele pôs um disco dela a tocar para eu ouvir. Gostei da voz mas vi-me e desejei-me para sair da loja porque o homem não se calava com elogios à Cristina Branco.
Nesses anos - soube depois - ela era desconhecida em Portugal e muitíssimo apreciada em França e na Holanda.

Viva a Liberdade!

Presépio no Canal said...

MR,
Obrigada pela partilha. Gostei muito de ler. E consigo imaginar o senhor a conversar😂

Presépio no Canal said...

MR,
Muitos beijinhos!!😘😘