Sunday, 4 April 2010

Traditional Portuguese Easter Lunch

From Pasen 2010


Roasted Lam Leg

One lamb leg with bone (1,5 - 2,0 Kg)
potatoes (1,0 - 1,5 Kg)
One big onion
4-5 garlic cloves
bunch of coriander
Salt
Pepper
Olive Oil

Clean and wash the leg, retrieving the extra fat (tallow) and the
smell glands (if still there), and make deep perpendicular cuts to the
bone. Peel the potatos, cut them in smaller pieces and wash them very
well. Place the leg in the middle of a clay tray (or an oven tray) and
distribute the potatos around the leg. If it seems that you might need
more potatos, just peel and cut some more, wash and add them to the
tray.

Salt the potatos and the mead with gross salt, opening a bit the leg
cuts so the salt can reach the inside of the meat (don't use too much
salt so that you can still taste the meat). Grind some pepper and
place it on top of the meat. Mash the garlic cloves and spread them
over the meat. Peel the onion and slice them in rings, which you
should distribute over the full tray (on top of both the potatos and
the meat). Wash the coriander and cut it in gross pieces, spreading
them over the tray. Fill the bottom of the tray with water (add a bit
more than just enough to cover the bottom) and season the meat and the
potatos with a bit of olive oil (don't use too much so it won't get
too greasy).

Place the tray in the oven and heat the oven at 180 celsius, leaving
it there for an hour. Keep checking if the tray is deying, and if it
is, add some water. After the hour check if the inside of the meat is
too rosy, and if you think it's needed, keep it for a bit more (The
cuts in the meat shouldn't so close to each other as the leg will
loose it's form, but should be close enough to allow the meat to be
well cooked).
Instead of coriander you may also use rosemary.

From Pasen 2010


Perna de borrego assada no forno

Uma perna de borrego (1,5 - 2,0 Kg)
Batatas (1,0 - 1,5 Kg)
Uma cebola grande
4-5 dentes de alho
Um ramo de coentros
Sal qb
Pimenta qb
Azeite qb

Limpar bem a perna de borrego, tirando os sebos extra e as glândulas
de cheiro (se ainda lá estiverem), e fazer cortes profundos
perpendiculares ao osso. Descascar as batatas, cortá-las em quartos
pequenos e lavá-las bem. Colocar a perna no centro de uma travessa de
barro e colocar as batatas à volta da perna. Se parecer que são
precisas mais batatas, cortar as suficientes e colocá-las na travessa.

Colocar sal grosso qb por cima das batatas e da perna, abrindo um
pouco os cortes da perna para que o sal também chegue ao interior (não
salgar demais porque irá retirar o sabor da carne). Moer pimenta por
cima da carne. Descascar os dentes de alho e esmagá-los por cima da
carne, espalhando pela superfície da perna. Descascar a cebola e
cortar em rodelas, espalhando-as pela travessa. Lavar bem o ramo de
coentros, cortar em pedaços grosseiros e espalhá-los pela travessa.
Colocar água suficiente na travessa de modo a cobrir o fundo e mais um
pouco. Regar a travessa com azeite, passando com o fio por cima das
batatas e da perna, mas não exagerando no azeite.

Levar ao forno durante uma hora a 180 graus. Ir verificando se a
travessa tem molho suficiente, e se estiver a secar adicionar mais um
pouco de água. Em vez de coentros, também se pode usar alecrim.
Passada a hora, verificar se o centro da perna ainda está rosado, e se
necessário, deixar estar mais um pouco no forno. Os cortes
perpendiculares ao osso devem ser suficientemente distanciados para
manter a forma da perna, mas de modo a permitir uma boa distribuição
do calor pela carne.

11 comments:

Castles Crowns and Cottages said...

Oh dear....I love lamb and this looks exceptionally GOOD! BISOUS! Anita

isabel tiago said...

Boan tarde Sandra

Muito obrigada pelas várias visitas e comentários que me tem feito e eu agora ainda tenho menos tempo pois ando também com as minhas jardinices mas à medida das minhas possibilidades vou tentanto ver um blog por dia e assim ir ao encontro da gentileza de quem me visita.
Actualmente tenho tido muitas prioridades e o tempo para a Net é muito escasso mas vêm aí os dias mais compridos e aí talvez haja espaço para actualizar e visualisar os cantinhos espalhados por esse mundo. Espero que tenha passado uma Boa Páscoa e creio que sim, pelo menos com esse cabrito assado, com óptimo aspecto, de fazer crescer água na boca!!!
Vejo que também anda a jardinar!!! Eu tenho um espaço muito grande e faço todas as tarefas e como o inverno foi muito rigoroso e prolongado, estava tudo que parecia um matagal. Tenho cerca de setenta roseiras, que este ano foram podadas muito tarde mas eu gosto assim que é para a floração também ser mais tardia.
Um dia destes já tenho por aí flores por todos os cantos e nos intervalos vou fazendo uns pequenos trabalhos manuais. Também gostei do picot destes últimos panos de cozinha que tem a particularidade de se fazer muito rápido.
Espero que possa continuar a visitar-me e também lhe desejo uma boa semana e bonitas fotos que nos tem mostrado.

Isabel Tiago

Presépio no Canal said...

Mal posso esperar pelas fotos das roseiras ;-)
Por aqui fez vento outra vez e tenho o jardim para limpar outra vez ...
Beijinhos e obrigada pela visita ;-)

Anita said...

Nossa, nao sabia que era um prato tradicional de Pascoa em Portugal. No Brasil e' bacalhau, grao-de-bico, pratos de batata e peixe... Aqui na Holanda meus sogros sempre fazem pratos a base de aspargos, espinafre, ovos, ou peixes (mas esse ano tivemos carneiro). Boa semana e um beijo !

Presépio no Canal said...

Ola Anita :-) Feliz Pascoa :-)

Sim, o borrego assado e uma tradicao em Portugal na altura da Pascoa ;-) O Bacalhau com Todos comemos no Natal. Se quiseres, da uma espreitadela no post que fiz no inicio do ano...
Na Pascoa, o nosso doce tradicional e o Folar. No ano passado, fiz tambem um post com fotografias do
Folar. Nao sei se no Brasil tambem sera assim...
Beijinhos e uma excelente semana para ti :-)

Margarida Elias said...

Eu comi cabrito assado com batatas e migas... na Quinta do Cabriz, Carregal do Sal. Muito bom!
Beijinhos!

Presépio no Canal said...

Ai Migas, tao bom ;-) Come-se muito bem nessa
regiao ;-) De comer e chorar por mais ;-)

Beijinhos ;-)

Aledys Ver said...

That sounds delicious! I didn't know that "borrego" was the Portuguese name for "lamb". I find this remarkable, because among the farm people where I come from, they call young and a bit silly people, "borregos" :o) I never asked where it came from and now, it makes me wonder!! :o)
I hope you had a very nice Easter holiday!

Presépio no Canal said...

:-)

Rosa do Adro said...

Olá Sandra!! Que bom aspecto, nhamm!!
Cá em casa ninguém aprecia borrego, então optamos pelo lombo de porco...

Bom fim de semana!

(e falta aí: chouriço, pão alentejano, azeitonas...)

"^_^"

Rosa Martins

Presépio no Canal said...

E o que eu digo, tu queres levar-me a loucura ;-))e a nossa azeitona e tao boa (a minha mae, entao, e uma viciada))