Monday, 2 February 2015

Ennio Morricone no Ziggo Dome, Amsterdam


Há noites muito especiais nas nossas vidas... Uma delas, foi o concerto de Ennio Morricone, em Junho de 2004, no Anfiteatro Keil do Amaral, em Lisboa. Escutar as obras emblemáticas do Maestro, vê-lo ao vivo, ali, no topo de Lisboa, numa noite a céu aberto, quase a tocarmos o Tejo e a Ponte 25 de Abril com a ponta dos dedos, e as luzes da Outra Margem, lá ao fundo, como velas pequeninas... Foi inesquecível!

Ontem, o cenário foi outro: no Ziggo Dome, em Amsterdam, um espaço semelhante ao nosso Pavilhão Atlântico (agora, chamado de Multiusos, parece-me), mas, a magia ainda me pareceu maior...Assistir à força da natureza que é o Maestro Ennio Morricone, foi de se lhe tirar o chapéu! Aos 86 anos e com problemas de coluna (sofre de hérnia discal, segundo percebi), dirigiu 200 pessoas em palco, entre a orquestra e o coro, com uma energia e entrega espantosas. A leveza na condução, a harmonia de todo o conjunto, os momentos ora mais profundos, ora mais vibrantes da sua música, o entusiasmo do público...Foi um concerto memorável! É verdade que houve alguns momentos que dirigiu sentado, mas, na maior parte do tempo, esteve de pé e, do princípio ao fim, sempre magnífico. Começou bem, cheio de energia, com a música de "Os Intocáveis" (1987) e depois as maravilhosas bandas sonoras de "Era uma Vez na América", "Cinema Paradiso", "A Missão" e os filmes de Sergio Leone, entre outros.

Este concerto era um momento há já muito aguardado - foi cancelado por duas vezes (em Junho e Dezembro do ano passado) devido aos problemas de saúde do Maestro. Um Ziggo Dome cheio esperava por ele, nesta Tour comemorativa dos seus 50 anos de produção de bandas sonoras inesquecíveis ...A não perder!


(E ele foi um querido! Ainda voltou 3 vezes ao palco, após o final do concerto...)





Algumas das bandas sonoras do Maestro e dos filmes que marcaram a minha adolescência e juventude...

Cinema Paradiso (1988)





Once Upon a Time in America (1984)





A Missão (1986)





E, por último, um tema que gosto muito, "The Ecstasy of Gold", do filme:

The Good, the Bad and the Ugly ( 1966)

(nesta parte, qual cavalo à solta, quase que "voava" directamente do anel para a plateia. Adoro, adoro esta música!!)


8 comments:

APS said...

Pois é, uma boa parte da história do Cinema passa por Morricone.
Uma boa semana!

Margarida Elias said...

Ainda bem que te andas a divertir. a música cura muitas maleitas! Bjns!

Presépio no Canal said...


Obrigada, APS, para si, também, uma óptima semana! :-)

Presépio no Canal said...


Já tínhamos bilhetes há tanto tempo, Margarida...Nem queria acreditar que, finalmente, ia ser desta.
O espaço, que não conhecia, é enorme e agradável (tem parque subterrâneo e não apanhei frio nenhum).
Beijinhos! :-)

João Menéres said...

86 anos e com essa energia toda ?
Estive a ouvir uns bocados de todos os que aqui nos facultaste e, naturalmente, também gostei imenso .
Obrigado por esta oportunidade.

Um beijo amigo.

Crocheteando...momentos! said...

Não conhecia...mas os temas são lindos!!
Bj amigo

Presépio no Canal said...

É verdade, João. :-) E, este mês, vai correr as principais cidades europeias na tour dos 50 anos. Acho isto fabuloso! :-))
Beijinho amigo!

Presépio no Canal said...

Fico contente que tenha gostado, Graça. :-) São intemporais, estas bandas sonoras - algumas com 30, outras com 50 anos...Beijinho amigo.