Thursday, 13 August 2015

Oosterpark, Amsterdam


O queijo e as salsichas fumadas e grelhadas que comemos na Brouwerij'T IJ pediam exercício e caminhada. Aproveitando que o dia estava bom, fomos dar uma volta pelas redondezas e conhecer melhor o Indische Buurt, nome pelo qual é conhecida esta zona da cidade. O bairro data do início do século XX e as suas ruas foram nomeadas a partir das ilhas e outros territórios que faziam parte das antigas Índias Orientais holandesas, que correspondem à actual Indonésia. A maioria da população é formada por imigrantes de diversas origens, estimando-se que, no bairro, sejam faladas 100 línguas diferentes. A poucos metros da Brouwerij'T IJ, fica o Oosterpark e foi para lá que nos dirigimos. O Oosterpark é um jardim, em estilo inglês, criado pelo arquitecto paisagista holandês, Leonard Anthony Springer, em 1891. Apesar de termos ficado pouco tempo, vimos algo que achámos imensa graça, na ponte, logo à entrada, que captou, de imediato, a nossa atenção....
(O Grito ficará para uma próxima visita...)









8 comments:

Sami said...

Engracadas essas "caretas" vermelhas.
Nao cheguei a visitar o Oosterpark, ficara para uma proxima visita.

Crocheteando...momentos! said...

Sempre a aprender!!! Bj

Presépio no Canal said...

Sami,
Pareceu-me um jardim mais calmo que o Vondel, mas também tenho de visitá-lo como deve ser, numa próxima vez.

Presépio no Canal said...

É verdade, Graça!! :-) Bj amigo!

João Menéres said...

Achei estas esculturas muito interessantes, Sandra.
Fico naexpectativa de O GRITO !

Um beijo a sorrir.

Presépio no Canal said...

João,

O Grito é uma escultura de um valor simbólico muito grande - é um hino/celebração à Liberdade. Mas tenho de voltar ao Oosterpark a ver se o encontro. O tempo parece que vai piorar, mas como temos "umas abertas" de vez em quando, pode ser que, entre Agosto e Setembro, ainda o traga cá...;-)

Beijinho sorridente para ti também e continuação de umas ópttimas férias!! :-)

MR said...

Tenho-a seguido nestes passeios, que partilha connosco no blogue. E ainda bem que o faz.

Presépio no Canal said...

Obrigada, MR! :-) Gosto muito de passear e caminhar. Já em Portugal, fazia o mesmo: jardins públicos, pequenos museus, ir à descoberta pelas ruas...Nunca fui muito de centros comerciais - fazem-me sentir um passarinho numa gaiola e acho-os aborrecidos e barulhentos.