Saturday, 5 September 2015

No Centro de Reciclagem


Verão também é tempo de ir ao centro de reciclagem...

Há dias, fomos deixar uma série de coisas, como as cadeiras do jardim, floreiras velhas de madeira e varões e rails para cortinados (só para dar alguns exemplos), a um dos três centros de reciclagem de Almere.

Na foto abaixo, um senhor a colocar uma cadeira de escritório.



Mais ou menos duas a três vezes por ano, sempre no Verão, passamos por lá para deixar objectos que já não estão em bom estado para doar, ou então, material de obras, como latas de tinta, por exemplo. E sempre que vamos ao centro de reciclagem, há muitos utentes (na última vez, um deles depositava placas de chão flutuante) e os carros fazem fila para entrar.

hout (madeira)



O centro está perfeitamente sinalizado e há funcionários disponíveis para ajudar, em caso de dúvidas.




Eis a lista dos diversos produtos que podemos e devemos lá deixar:

Papier en karton / Papel e papelão
Snoeiafval / Resíduos de jardinagem
Diverse houtsoorten / Vários tipos de madeira
Alle metalen / Todos os metais

Alle puinsoorten / Todos os tipos de detritos
Grond Harde plasticsoorten / Plásticos duros de chão (linóleo/vinil)
Verpakkingsplastic / Embalagens plásticas
Zakken huishoudelijk (rest-)afval / Sacos lixo doméstico

Vloerbedekking, matrassen, piepschuim, dakleer / Tapetes, colchões, espuma, coberturas de feltro
Verpakkingglas, vlakglas en spiegels / Vidros e espelhos
Alle soorten textiel en schoenen / Têxteis e calçado
Autobanden / Pneus

Asbest / Amianto
Klein Gevaarlijk afval / Resíduos domésticos perigosos
Frituurvet / Óleo de cozinha
Afgewerkte olie / Resíduos de óleo
Accu's Elektrische en elektronische apparaten / Baterias, equipamentos elétricos e eletrónicos
Koel-vriesapparatuur / Arcas frigoríficas e frigoríficos

Mobieltjes / Telemóveis
Gasflessen en brandblussers /  Garrafas  de gáz e extintores
Cartridges / Cartuchos

Para transportar alguns destes objectos, que são grandes e pesados, o centro de reciclagem disponibiliza um atrelado de forma totalmente gratuita, mediante uma caução de €100 (só aceitam pagamento em dinheiro). Se calhar, ainda vou precisar deste serviço: o armário da casa-de-banho está de saída...

E na vossa área de residência, como vamos em termos de reciclagem?

10 comments:

MR said...

Tal e qual como cá. Se em Lisboa as pessoas nem telefonam para a CML vir buscar os tarecos, colocam-nos na rua; imagino o que seria irem entregá-los a um centro de reciclagem.

Presépio no Canal said...

:-)) Estou a rir, mas isto nao tem graça nenhuma. O que refere, é bem verdade e é uma pena. Nunca percebi o que custa telefonar aos serviços camarários...

João Menéres said...

Obviamente que é a medida acertada, Sandra, mas qual a razão da caução se o serviço é gratuito ?

Um beijo grande.

Sami said...

Aqui em Perth, temos esse servico das Camaras, que 2 vezes por ano vem buscar a "tralha" que temos que por frente as casas, junto a berma da estrada, e tambem 2 vezes por ano vem buscar os "verdes" ou residuos de jardinagem, sempre em datas pre-determinadas para cada suburbio. Acho um servico fabuloso. Depois ha sempre pessoas com carrinhas que vao passando nos suburbios procurando mobilias/electrodomesticos, etc interessantes. Eu por acaso tenho umas cadeiras de vime que fui buscar a uns vizinhos, envernizei, cobri as almofadas com novos tecidos e estao lindas.
O vosso sistema tambem e interessante.

Presépio no Canal said...

João,
O dinheiro depois é devolvido, quando entregamos o atrelado. Serve mais como garantia - custos com algum estrago, por exemplo.
Beijinho! :-)

Presépio no Canal said...

A Sami já postou fotos das cadeiras? Recorde-me...xoxo

Love Adventure Happiness said...

Nunca depositei grandes objetos em lado nenhum, reciclo tudo, no Jumbo há depósito de óleo, só nunca vi onde deixar esferovite....
Aqui em Amesterdão há sítios específicos com dias específicos para deixar mobília e outros tipos de lixos como eletrodomésticos e assim

Crocheteando...momentos! said...

medidas inteligentes são sempre bem vindas!!!
Bjoca

Margarida Elias said...

Tanta organização! É a vantagem dos países do Norte da Europa. Bjns!!

Sami said...

Irei postar um dia destes quando escrever sobre a nossa "renovacao" do jardim.
Mas tenho este post sobre uma "Papasan" que encontrei e dei a minha nora.

http://sami-colourfulworld.blogspot.com.au/2013/09/one-mans-trash-is-another-ones-treasure.html