Friday, 1 May 2009

Update


Sobre o que aconteceu ontem...

Esta madrugada, dia 1 de Maio, às 2h58m, faleceu Karst Tates, o condutor do carro que atentou contra a Família Real. O homem de 38 anos encontrava-se desempregado e tinha já saído da casa arrendada onde vivia. Já são seis vítimas mortais deste triste acontecimento...

Também ontem:

registo do 1º caso de gripe suína nos Países Baixos. É uma menina de 3 anos que regressou do México no dia 27 de Abril último. A minha mãe telefonou preocupada. Diz que os noticiários em Portugal informam pouco e assustam muito e estão sempre a falar do mesmo...e que as minhas primas também estavam preocupadas comigo.
Mas deixei-a mais tranquila :)

Por aqui, o dia esteve soalheiro e ainda deu para fazer uma caminhada :) para alinhar o espírito e as energias.

7 comments:

sonia said...

realmente as noticias em portugal devem ser para o sensionalista porque nao ha razao para panico. o governo holandes comprou milhoes de curas de um produto chamado tamiflu. e em portugal?

a menina esta fora de perigo e a gripe nao esta declarada na holanda porque a doente apanhou o virus no mexico. ao que se sabe ainda ninguem foi contaminado em solo holandes. o mesmo nao acontece noutros paises europeus.

ja contactaram todos os passageiros do voo onde a menina vinha, faltando dois estrangeiros, e preventivamente administraram-lhes o tal farmaco.

a gripe nao se espalha assim tao rapido. o sjoerd nesse dia (segunda feira) voou para italia, viu os passageiros desse voo passarem por si, reconheceu-os pelo aspecto e sombreros nas maos dos turistas (se conheces schipol sabes que nao ha separacao entre chegadas e partidas antes da lafandega) tendo inclusive dois mexicanos desse voo seguindo no mesmo aviao que ele para italia.

ha que ter cuidado aos sintomas e a minima desconfianca ir ao medico de familia, mas nao ha razao para panico.

quanto ao incidente em apeldoorn, uma tragedia e o homem ao que se sabe nao tinha problemas psicologicos que nao estava a ser tratado em nenhuma clinica e tambem nao tinha cadastro. o que torna o caso ainda mais dificil.

a meu ver um acto de loucura, num momento de crise onde quem sofre e o mais pequenino. perdeu o emprego, nao tinha dinheiro para pagar a renda. dizem que era uma pessoa correcta, alias em vez de ficar no apartamento sem pagar a renda preferiu anular o contracto, a 1 de maio tinha de sair de casa.

nunca se sabera o verdadeiro motivo, uma tragedia que tenha feito o que fez a custa de tantos inocentes, agora o motivo do alvo ser a familia real nunca ninguem o sabera.

jinhos

Presépio no Canal said...

Sim, as notícias são de facto muito sensacionalistas. O que a minha mãe queria saber era exactamente o que se estava a passar, disse-lhe mais ou menos o que me disseste e daí ter ficado tranquilizada.

Presépio no Canal said...

quanto ao caso de Apeldoorn:

problemas psicológicos não são a mesma coisa que problemas psiquiátricos e nem todos os que têm problemas psicológicos estão em clínicas ou têm cadastro.

quando referi "problemas psicológicos", eu tb disse "segundo percebi", não disse ´"é" ou "está confirmado".

neste caso, poderá ser muita coisa, como por exemplo, dificuldades em aceitar a actual situação que dependem da integração cognitiva e emocional que ele fizer da situação, história do sujeito, etc; ou outras quadros psicológicos com nomes técnicos que não vou utilizar e que inclusivie podem não ter sido diagnosticados, etc,etc...

quanto a dizer que foi atentado:

segundo percebi pelo que li, terá sido o que ele disse, ainda no carro; foi tb o que ouvi nas notícias em Portugal (quis ouvir em português para ver se jogava com a tradução que fiz do que li, uma vez que o meu nível de holandês é baixo).

Ontem já pouco acompanhei. Não sei desenvolvimentos.

Mas concordo contigo. Compreender exactamente o que se passou ali, vai ser muito difícil agora.

Há a lamentar as vítimas mortais. Fiquei muito incomodada com esta situação, enfim...

Jinhos e bom fds!

ps: vi o teu post sobre o museu dos comboios onde foste e fiquei muito interessada. acreditas q ainda não tirei o museum card????

APS said...

Acompanhei a tragédia do dia 30 de Abril, fiquei muito preocupado.
Cumprimentos
APS

Presépio no Canal said...

Também eu, APS, também eu...:(

Um beijinho e bom fim-de-semana :)

sonia said...

o museu dos comboios e em utrecht. e muito engracado para as criancas, e um mini parque de diversoes, agora para adultos ja nao sei se e assim tao interessante. eu ca divirto-me sempre e como e gratis com o cartao dos museus vou la imensas vezes!

ah... o cartao vale imenso a pena, deves mesmo comprar, em duas idas anuais a um museu ja pagaste o cartao.

desculpa a brutalidade, mas qual a tua profissao e como te tens integrado profissionalmente na holanda? estou curiosa!

bom domingo!

jinhos

Presépio no Canal said...

Compreendo a curiosidade, Sónia :)
Mas como já deves ter reparado, eu nunca falo sobre aspectos profissionais, nem meus, nem do mais que tudo ;)
Digamos que tenho tido uma vida profissional e social cheia, plena, muito exposta, exigente, variada, útil e da qual me orgulho...mas tenho os meus motivos, para neste momento, me salvaguardar mais... um beijinho :)
só uma coisa... eu não acho que uma pessoa se defina só pela profissão... e o muito que estudamos tb pode ser colocado ao nosso serviço, da família, ou da sociedade de outras formas...e às vezes, é preciso mudar de caminho...mesmo que nos orgulhemos de todos aqueles já vivemos...
Mas vamos tirar o cartão dos museus, sim senhora...