Sunday, 18 October 2015

O Quiosque Banana Café na Praça de Londres


O Quiosque Banana Café, na Praça de Londres

Ali, às beiras do Arco do Cego, onde ficámos alojados, nesta última viagem a Lisboa.

Para quem, como nós, vive num bairro sem cafés e restaurantes, próximo de um bosque, sabe bem ter uma esplanada perto de casa, onde tomar um café, uma limonada ou jantar uma saladinha (também servem empadas, quiches e tostas). 

Este gosto simples, este novo hábito reencontrado de ir até à esplanada da esquina, neste caso, no largo, soube pela vida. Daquelas pequenas felicidades que enchem a alma!

Deste espaço, tornei-me fã da limonada, que é servida sem açúcar, sendo assim que gosto dela.
E as cadeiras lembram-me as da minha infância, quando ia para as esplanadas com os meus pais, nos idos anos 70.

Quiosque Banana Café



Igreja de São João de Deus, Praça de Londres




Para saberem mais sobre a revitalização dos quiosques de Lisboa,  verem as cadeiras que refiro e mais fotos deste espaço, clicar aqui.

Bom Domingo!

18 comments:

João Menéres said...

Voltarei mais logo...

Margarida Elias said...

E foi bom encontrar-te lá! Bjns!

Presépio no Canal said...

Olá, João! :-)
Até logo...

Presépio no Canal said...

Também gostei muito de te rever! ;-)
Beijinhos!

Crocheteando...momentos! said...

Tenho mesmo de regressar a Lisboa!
Bom domingo!!!

Sami said...

Obrigada pelo link dos quioskes de Lisboa Sandra.
Tenho a impressao de ter visto este tipo de quiosques a venderem revistas e jornais antigamente. Sera?

João Menéres said...

Sandra

Só mesmo depois do jantar...

Presépio no Canal said...

Obrigada, Graça. Também para si, continuação de bom Domingo! :-)
Bj amigo

Presépio no Canal said...

Sami,

Talvez alguns, em tempos idos. Mas parece-me que alguns são recentes, respeitando a traça antiga. xoxo

Presépio no Canal said...

Até lá, então, João. :-) Bom jantar!

João Menéres said...

Afinal, vai ser mesmo imediatamente antes do jantar !
Aqui no Porto, há muitas esplanadas assim ( não me lembro de nenhuma à volta de um quiosque, tipo chinês ). Umas voltadas para o mar, outras para o rio, outras em jardins.
Cada uma com seu perfil.
Aqu, junto a casa, tenho duas, uma em frente à outra.

Um beijo amigo, SANDRA.

Presépio no Canal said...

Tão bom, João! Aproveita-as muito!! :-)
Adoro uma boa esplanada no Verão.
A esplanada do Solar do Vinho do Porto/Museu Romântico foi a última em que estive aí, no Porto, há uns 5 anos, mas não nos sentámos por já não haver lugar.
http://presepiocomvistaparaocanal.blogspot.nl/2010/09/porto-sentido.html
Um beijo amigo, João e boa noite de Domingo!

ana said...

Gosto muito de esplanadas e adoro estas cadeiras.
Sempre achei que eram cadeiras de esplanadas de praia. Há uma fábrica em Estarreja que as fabrica. Tenho duas azuis que vieram da cozinha que tive quando vivia num apartamento.
Gosto em particular desta zona da cidade pois tenho uma prima que mora perto e é onde fico quando vou a Lisboa. Tenho saudades do cinema Londres.

A nossa capital é bonita.
Beijinhos. :))

João Menéres said...

SANDRA

Essa é soberba, se o tempo estiver bom !
Entretanto, esteve fechada uns anitos, e agora reabriu como bar/restaurante.
Ainda não fui lá...e, agora, é o tempo meio invernoso que não convida.
Estive esta tarde ( entre outras muitas coisas ) a rever o livro do American Express sobre a Holanda.
Debrucei-me sobre Haarlem e Alkmaar, logicamente.

Como tomo 1 café ao fim da manhã e outro a meio da tarde, geralmente alterno.

Um beijo ( que amanha cedinho vem uma camioneta...) e bom descanso.

Presépio no Canal said...

Ana,

Que sortuda teres uma prima a viver na capital e numa zona tão bonita! :-)
Quem me dera termos onde ficar...
Espero, daqui a uns anos, poder comprar um pequeno apartamento no Arco do Cego, de preferência, um r/c. Era o meu sonho.
O frio de cá, mais a falta de luz (consequentemente de Vitamina D que é de facto, uma hormona e não uma vitamina) dá cabo dos ossos (só vejo idosos de motoretas devido à mobilidade reduzida). As análises que fiz agora em PT demonstraram que já estou com uma deficiência muito grave ( até a médica me perguntou como é que eu estava de pé). Já estou a tomar suplemento ( e terá que ser ao longo do ano e não só durante 6 meses).
Tenho mesmo de pensar em comprar casa em Lisboa (vai ser melhor para o futuro), até porque, de comboio, poderei chegar facilmente a uma praia, o que seria óptimo para a saúde.
Beijinhos!! :-)

Presépio no Canal said...

Que engraçado, João!

Haarlem foi onde dormimos quando viémos cá pela primeira vez (para a entrevista do meu marido) e Alkmaar é uma das minhas cidades preferidas. É muito bonita e o comércio tradicional é de grande qualidade. Só ainda não assisti ao mercado do queijo...

Beijinhos e tudo a correr bem com as mudanças. :-)

João Menéres said...

Pois eu já assisti e até postei há anos no meu blogue !
Diverti-me imenso !
Na Holanda fiquei surpreendido com o civismo dos automobilistas !

Um beijo grande e muito amigo.

Presépio no Canal said...

João,

Tenho de ir ver esse post no teu blogue. :-)
A ver se é esta Primavera, que vou a Alkmaar ver o mercado dos queijos.

Quanto ao civismo dos automobilistas, creio que terá vindo a decair; parece que não sabem fazer curvas...

Beijinho grande e muito amigo! :-)